Governo do RS decidirá até sexta-feira como ocorrerá o retorno às escolas.

Agência Brasil

O governador Eduardo Leite afirmou que deve decidir até a próxima sexta-feira como ocorrerá o retorno das aulas na rede pública e privada de ensino do Rio Grande do Sul. O retorno deverá ser gradual, alternando atividades presenciais e de ensino à distância. Os protocolos vão valer para escolas de ensino infantil, básico, fundamental, profissionalizante e universidades. “Esperamos fechar a questão do retorno das aulas até a próxima sexta-feira para anunciar em que condições e como se darão os retornos”, disse o governador nesta terça.

A Secretaria de Planejamento e a Secretaria de Educação estudam pelo menos nove protocolos para garantir a segurança dos estudantes e funcionários no retorno das aulas presenciais da rede pública e privada do Estado. Conforme Leite, estas estratégias vão desde o acesso das crianças na sala de aula até a limpeza dos espaços e a prática pedagógica.

Em nota, o Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe-RS) disse que os protocolos analisados também envolvem reabertura das escolas de acordo com a bandeira de seu município, utilização de equipamentos de segurança e medidas de higienização dos ambientes.

O governador disse que deve conversar ainda, nos próximos dias, com os promotores de justiça que atuam na área da educação e com o Ministério Público para alinhar as diretrizes do retorno do ensino no Estado. Ele esteve reunido, nessa segunda-feira, em videoconferência, com a Secretaria de Educação do RS e o Sinepe-RS.

Notícias Relacionadas

DEPUTADO DANIEL TRZECIAK DESTINA EMENDA DE 200 MIL PARA SAÚDE.

redefan

Menina de 11 anos grávida após estupro realiza aborto legal em SC, informa MPF

redefan

Lei que permite renegociação de dívidas do Fies é sancionada

redefan