Grêmio busca vitória contra o Bahia para tentar aliviar pressão

As diferentes questões que envolveram o Grêmio nos últimos dias terão de ser deixadas fora de campo. Nesta quinta-feira, o que interessa para o torcedor é ver o time voltar a vencer. O Tricolor entra em campo para enfrentar o Bahia, às 19h15min, em Salvador. E a pressão sobre a equipe de Renato Portaluppi é grande. São seis jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro. Os dois últimos com atuações criticadas. 

A desconfiança tomou conta do ambiente. “Só se assusta no futebol quem não consegue manter a racionalidade e se deixa contaminar pelos ambientes. Nosso papel aqui é muito mais no sentido de dar segurança emocional para o grupo e não deixar se contaminar por questões internas e externas. É nisso que estamos trabalhando”, destacou o presidente Romildo Bolzan Júnior, que está com a delegação na Bahia. 

A presença do mandatário do clube é sintoma de que as coisas não estão caminhando da maneira como o clube gostaria. Há preocupação com o jejum de vitórias, com a situação na tabela e com o futuro próximo, que reserva jogos decisivos. “O que nós precisamos nesse momento é ganhar, é ter vitórias para que a gente recupere a confiança de forma plena. A preocupação da direção do Grêmio e da comissão técnica é vencer. No momento em que a vitória chega, o ambiente de naturalidade volta”, acrescentou o presidente. 

O problema é que o time não vem jogando o suficiente para vencer. E nesta noite em Salvador as dificuldades serão imensas. Além do adversário ser teoricamente mais forte que aqueles enfrentados recentemente, Renato Portaluppi tem uma série de desfalques, a maioria por lesão. A zaga, por exemplo, será toda reserva. Com Geromel e Kannemann suspensos, Paulo Miranda e David Braz assumem a titularidade. Victor Ferraz, Maicon, Jean Pyerre e Pepê seguem se recuperando de problemas musculares e também desfalcam o Grêmio. 

Romildo Bolzan garante que não há pressão sobre o trabalho do técnico. “O Renato é um treinador vitorioso, que tem completo domínio do elenco, tem a confiança da direção”, finalizou.

Bahia

Mateus Claus; Nino Paraíba, Ernando, Juninho e Zeca; Gregore, Edson, Daniel e Rodriguinho; Elber e Gilberto. Técnico: Claudio Prates

Grêmio

Vanderlei; Orejuela, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Matheus Henrique, Lucas Silva, Alisson, Isaque e Everton; Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi

Local: Estádio do Pituaçu, em Salvador (BA)

Notícias Relacionadas

Prefeitura de Cachoeira do Sul autoriza atividades campeiras de treinos de laço. ( Decreto sai nesta terça (22).

FAN FM

Brasil e Paraguai reabrem parcialmente suas fronteiras para comércio

FAN FM

Governo zera Imposto de Importação de vacinas contra covid-19!

FAN FM