Às vésperas do dia da Consciência Negra, homem negro é espancado até a morte por seguranças no Carrefour, em Porto Alegre.

Na véspera do dia da Consciência Negra (19), um homem negro de 40 anos foi espancado até a morte por dois homens brancos em uma unidade do supermercado Carrefour em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

De acordo com a brigada militar, o espancamento de João Alberto Ferreira de Santos começou após um desentendimento entre o homem e uma funcionária do supermercado. A vítima teria ameaçado bater na mulher, que chamou os seguranças. O segurança, de 24 anos, e um cliente e policial militar temporário, de 30, levaram o homem até o estacionamento e praticaram o crime.

Em nota, o Carrefour lamentou o caso e contou que inciou uma apuração interna, além de tomar providências para que os responsáveis sejam punidos legalmente. 

Notícias Relacionadas

Primeira dama e coordenador do Cempra acompanham o caso do cão queimado no Promorar.

redefan

Presidência de Paixão na Câmara é marcada por diálogo e transparência.

redefan

Vereador Azevedo destina R$ 48mil à APAE.

redefan