Bolsonaro assina texto que destina R$ 20 bilhões para compra de vacina

O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta quinta-feira, a medida provisória que destina um crédito complementar de R$ 20 bilhões para o Ministério da Saúde comprar as doses de vacinas para combater a Covid-19. O texto sairá em edição extra do Diário Oficial da União ainda hoje.

Os recursos serão usados para comprar, além dos imunizantes, as seringas e agulhas. Também servirão para bancar a logística, comunicação e todas as despesas que sejam necessárias para vacinar a população.

Com o dinheiro, as autoridades brasileiras podem comprar qualquer vacina que seja autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e que, ao mesmo tempo, possa ser oferecida com rapidez à população brasileira.

O governo explicou que os recursos virão do saldo positivo das contas públicas de anos anteriores. Por se tratar de crédito extraordinário, o dinheiro não depende da aprovação da Lei Orçamentária de 2021 para ser liberado.

Notícias Relacionadas

Massa de ar polar chega ao país com possibilidade de neve no RS.

redefan

HOJE NA HISTÓRIA / Nasce Slash, guitarrista da banda Guns N’ Roses

redefan

Morre mulher que ficou submersa no desabamento do deck em Porto Alegre.

redefan