Roberto Landell e o rádio

Gaúcho, natural de Porto Alegre, o padre Roberto Landell foi um cientista e inventor, reconhecido por poucos historiadores. Nasceu em 21 de janeiro de 1861 e sempre priorizou os estudos, formando-se em cultura, ciências, além de sacerdote em Roma.

Pioneiro na ciência da telecomunicação, desenvolveu diversas pesquisas e experimentos. Foi um dos primeiros a conseguir transmissão de som e sinais telegráficos sem fio através de ondas eletromagnéticas, originando o telefone e o rádio.

Boa parte do desenvolvimento de suas pesquisas foi trabalhado por conta própria, por dificuldades técnicas, financeiras e falta de apoio do governo. A desconfiança da população e autoridades, impossibilitou seu reconhecimento. O padre “bruxo”, como era chamado pelas beatas da época, foi perseguido por atribuírem poderes mágicos a seus inventos.

Internado no Hospital da Beneficência Portuguesa em 1928, quando questionado por um amigo sobre a propaganda de suas criações, disse que que “não podia e não devia aparecer como inventor.” Pressionado para decidir entre a ciência e a fé, optou por não abandonar a batina. Acometido de severa tuberculose, consequência do tabagismo, o padre “bruxo” inventor, faleceu em 30 de junho de 1928.

Lísia Kilian

Notícias Relacionadas

Buscas a menino morto pela mãe seguem no rio Tramandaí, no Litoral Norte

redefan

STAS inaugura novos Lares para crianças e adolescentes!

redefan

ENCONTRO COM DIRETOR-PRESIDENTE DA BEIRA RIO, DISCUTE INSTALAÇÃO DE ATELÊ DE SUPORTE EM NOVO CABRAIS.

redefan