Padrasto suspeito de estuprar três enteadas é preso pela Polícia Civil.

A Polícia Civil prendeu na madrugada desta quinta-feira um padrasto suspeito de estuprar as três enteadas ao longo de12 anos na Região Metropolitana de Porto Alegre. O homem foi detido pela equipe do titular da DP de Esteio, delegado Thiago Carrijo. O abusador vai responder pelo delito de estupro de vulnerável. As investigações apontaram que as vítimas tinham cinco, seis e nove anos de idade quando os abusos começaram em 2009 no ambiente intrafamiliar. A violência sexual foi interrompida agora em 2021 com a descoberta do crime.

Conforme os policiais civis, a prisão exigiu bastante dedicação da equipe. Além da complexidade e delicadeza do caso, o indivíduo não tinha residência fixa e circulava por ao menos três diferentes municípios. “O indivíduo circulava em diversas cidades, fato esse que agrava a possibilidade de o fato se repetir. Essa prisão certamente impediu outros crimes do mesmo gênero”, observou o delegado Thiago Carrijo.

Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, enfatizou “a importância de combater essa espécie de crime, especialmente quando o fato ocorre em ambiente intrafamiliar”.

Notícias Relacionadas

Horta comunitária beneficia famílias cachoeirenses.

redefan

CONVITE AUDIÊNCIA PÚBLICA!

redefan

VOCÊ SABE O QUE É BLEFAROPLASTIA?

redefan