As promoções anunciadas são, realmente, promoções? / Lucas Maciel

As promoções anunciadas são, realmente, promoções? 

Entenda a relação utilizando o cálculo proporcional

O cálculo proporcional, embora não pareça, é muito utilizado diariamente. Representa equivalência permitindo comparar, aumentar ou diminuir valores de acordo com a necessidade.

Um exemplo prático é a sua aplicação na culinária. Pense em um preparo do qual goste de comer. Normalmente, as receitas indicam quantas porções irão render, mas, nem sempre indicam a quantidade que você realmente necessita. Neste caso, pode ser adaptada sem prejudicar seu sabor. Caso a pretensão seja fazer a metade da receita, deve-se utilizar metade dos ingredientes (conforme a possibilidade destes). Por outro lado, caso o objetivo seja dobrar a receita, a quantidade dos ingredientes deve ser multiplicada por dois.

Parece fácil, mas na prática não é tão simples. 

Se você costuma frequentar os supermercados, deve ter percebido o aumento nos preços dos produtos. Assim, a atratividade do segmento advém das ofertas ou promoções diariamente anunciadas. Mas atenção, será que são realmente ofertas? O que pretendo destacar aqui, é a necessidade do uso do cálculo proporcional neste segmento.

Suponha que o     quilograma (kg) do queijo mussarela esteja R$ 28,00. Porém, em dias de oferta, seja vendido por R$8,00 a cada 250 gramas (g) já embalado. Intuitivamente, parece um valor promocional. Você considera barato, visto que antes o preço anunciado era maior e agora, os oito reais podem representar um bom desconto.

Utilizando o cálculo proporcional percebe-se que, de 1kg para 250g, houve uma redução de quatro vezes na quantidade de queijo. No caso de uma promoção de fato, o valor do produto deveria ter uma redução maior do que quatro vezes, o que não acontece no exemplo citado. 

Entenda: aplicando o valor fictício do queijo de 250g (oito reais) e multiplicando por quatro, obtém-se o preço de R$ 32,00 por kg do produto. Portanto, o valor anunciado como promocional é, na verdade, um aumento de quatro reais por quilograma de queijo. Não configurando uma promoção.

Este é um exemplo isolado, de um único produto e com valores fictícios. Mas se você aplicar este raciocínio nos cards promocionais que recebe, perceberá diversas situações como esta. 

    Pensando nisso, as promoções anunciadas são sempre PROMOÇÕES?

Notícias Relacionadas

Ao menos seis municípios gaúchos sofreram danos provocados por temporal!

redefan

Horta comunitária beneficia famílias cachoeirenses.

redefan

CONVITE AUDIÊNCIA PÚBLICA!

redefan