Saúde leva o combate à dengue às escolas

A mobilização dos públicos infantil e adolescente através da rede pública de ensino é uma das estratégias que vem sendo aplicadas pela Secretaria Municipal da Saúde no combate à dengue em Cachoeira do Sul. Nos moldes do que foi desenvolvido, semana passada, pela Estratégia de Saúde da Família (ESF) Noêmia junto a Escola Municipal de Educação Infantil Sonho Meu, envolvendo mais de 100 estudantes nas ações preventivas à doença, profissionais da pasta vêm desempenhando uma agenda de atividades em estabelecimentos de ensino apostando no efeito multiplicador das informações que os estudantes possuem dentro de suas comunidades. “Nestas situações de interesse público, a saúde e a educação precisam caminhar de mãos dadas, investindo na construção da consciência cidadã”, reflete a bióloga da SMS, Rosinele Perez.

Após anos coordenando os agentes de endemias no Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), a servidora passou a atuar mais próxima à gestão para, entre outras atribuições, desenvolver um programa de ações preventivas da Saúde junto aos demais segmentos da sociedade. Um exemplo é o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Aedes aegypti, criado em maio de 2021 e retomado em abril diante da evolução da dengue no cenário estadual. Com esta missão, a biológa iniciou quinta-feira passada (28/04), pela Escola Municipal de Ensino Fundamental Milton da Cruz, o calendário de palestras que tem datas confirmadas até o final deste mês. Na interação com os alunos do Bairro Santa Helena, Rosinele focou sua participação em dois momentos: a biologia do mosquito e o contexto no qual ele se desenvolve e prolifera, seguido das orientações de como agir para eliminar o aedes e afastar os riscos de contaminação.

Ainda trabalhando em sintonia com os agentes de endemias, a servidora tem pelo menos mais três eventos do gênero marcados para essa semana: um promovido ontem (04/05), no Colégio Estadual Diva Costa Fachin, Bairro Ponche Verde, e outros dois hoje (05/05), no Centro de Referência de Assistência Social do Bairro Marina e na Escola do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB). A proposta no CRAS Zona Norte é trabalhar as ações preventivas com famílias cadastradas ao serviço, atendendo a uma solicitação da Secretaria Municipal de Inclusão Social (SMIS). A atuação nas escolas acontece mediante agendamento prévio, já que a equipe da área técnica se desdobra entre os trabalhos de campo habituais e os supermutirões contra a dengue deflagrado pela Secretaria da Saúde pelos bairros do município.

Teatro de fantoches encanta na Educação Infantil

Uma das iniciativas do programa de combate à dengue que faz sucesso entre as crianças é o teatro de fantoches, que interage com o público (sugerido até o 3º ano do Ensino Fundamental) e aborda os temas importantes acerca da doença por meio de intervenção lúdica. Os próprios agentes de endemias criaram os personagens e a caracterização através de projeto executado em meados de 2019. A iniciativa foi uma das atrações da SMS aos visitantes da 21ª Fenarroz, em outubro passado. Na semana passada, os fantoches levaram sua mensagem aos alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Angelina Salzano Vieira da Cunha, no Bairro Fátima, com performance das servidoras Janaína Silveira, Fernanda Leal e Márcia Bica Vargas. Nos próximos dias 18 e 25, o grupo de teatro tem agendas previstas na Escola Municipal de Ensino Fundamental Manoel Carvalho Portella (Bairro Oliveira) e na Escola Municipal de Ensino Fundamental Dora Abreu (Bairro Carvalho), respectivamente.

CALENDÁRIO DAS PALESTRAS

05/05 (Hoje) – 14h, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Zona Norte (Bairro Marina)

19h, Escola HCB (Bairro Centro)

06/05 – 9h, Escola HCB (Bairro Centro)

10/05 – 9h, Escola Estadual de Ensino Fundamental Cândida Fortes Brandão (Bairro Centro)

12/05 – 15h, Escola Estadual de Ensino Fundamental Cândida Fortes Brandão (Bairro Centro)

13/05 – 14h, Escola Municipal de Ensino Fundamental Francisco de Souza Machado (Barro Vermelho)

17/05 – 9h30min, Escola Municipal de Ensino Fundamental Manoel Carvalho Portella (Bairro Oliveira)

25/05 – 9h, Escola Municipal de Ensino Fundamental Dora Abreu (Bairro Carvalho)

Texto: Viviane Souza/Imprensa SMS

Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Cachoeira do Sul

Patricia Miranda

51-3724.6033

Notícias Relacionadas

Contas das multas do COVID não fecham e Trojahn cita CPI na prefeitura!

redefan

Se a maioria dos vereadores cobra a saúde, algo está errado!

redefan

Nova loja da Panvel traz agilidade, qualidade e conforto para os Cachoeirenses.

redefan