Caminhoneiros vão ter prioridade em campanha de vacinação contra gripe

Thomaz Silva/Agência Brasil

Caminhoneiros e portuários serão o próximo foco da campanha de vacinação contra a gripe em todo o país, assim que a agenda para idosos e profissionais de saúde for encerrada, conforme anunciou na 2ª feira (30.mar.2020) o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, durante entrevista à imprensa com ministros do Estado.

O ministro falou da campanha do Sest/Senat (Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte) com 130 postos de atendimento a caminhoneiros em rodovias de todo o país com orientações e a entrega de produtos de higiene e alimentação aos profissionais e disse que a vacinação dos caminhoneiros contará com a mesma logística.

“Os profissionais de transporte terão esse suporte. Eles entram na prioridade assim que acabar a vacinação dos idosos e dos profissionais de saúde. Isso é muito importante porque vai garantir esse conforto a mais aos trabalhadores que estão prestando um grande serviço ao nosso país. É o nosso dever garantir essas condições”, afirmou Tarcísio.

O Ministério da Infraestrutura também está auxiliando o Ministério da Saúde na logística de distribuição dos primeiros 500 mil kits de teste rápido para o combate ao novo coronavírus. O lote faz parte de 1 montante de 5 milhões de itens adquiridos e doados pela Vale e chegou ao Brasil na 2ª (30.mar) no Aeroporto de Guarulhos. O material já tem registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e foi liberado para o centro de logística do Ministério da Saúde em São Paulo.

Notícias Relacionadas

Policiais encontram família em situação de escravidão em Venâncio Aires.

FAN FM

Governo prorroga até 30 de setembro prazo para alistamento militar

FAN FM

Sem partidas oficiais, Grêmio apresenta novos uniformes em treinamento

FAN FM