Mulher é presa por obrigar filha com deficiência a se prostituir

Uma mulher de 38 anos foi presa nesta quinta-feira (24) em Jaguarão, no sul do Estado, suspeita de submeter a filha com deficiência mental à prostituição. Segundo a Polícia Civil, a jovem de 19 anos foi quem procurou as autoridades e contou que era obrigada desde os 15 anos a se prostituir.

A presa, que não teve o nome divulgado para preservar a identidade da vítima, tem outros 10 filhos e será indiciada por favorecimento e exploração sexual. A polícia investiga se ela também fazia a mesma prática com os outros filhos adolescentes.

Segundo a delegada Juliana Ribeiro, que conduz a investigação, o depoimento da vítima é a prova mais contundente do crime, mas a polícia ouvirá testemunhas ao longo desta sexta-feira para apurar mais detalhes.

A mulher foi presa preventivamente e deslocada para o Presídio Estadual do Rio Grande (PERG). Os filhos com menos de 18 anos foram conduzidos ao Lar de Passagem de Jaguarão.

Notícias Relacionadas

Contas das multas do COVID não fecham e Trojahn cita CPI na prefeitura!

redefan

Se a maioria dos vereadores cobra a saúde, algo está errado!

redefan

Nova loja da Panvel traz agilidade, qualidade e conforto para os Cachoeirenses.

redefan