Mulher é presa por obrigar filha com deficiência a se prostituir

Uma mulher de 38 anos foi presa nesta quinta-feira (24) em Jaguarão, no sul do Estado, suspeita de submeter a filha com deficiência mental à prostituição. Segundo a Polícia Civil, a jovem de 19 anos foi quem procurou as autoridades e contou que era obrigada desde os 15 anos a se prostituir.

A presa, que não teve o nome divulgado para preservar a identidade da vítima, tem outros 10 filhos e será indiciada por favorecimento e exploração sexual. A polícia investiga se ela também fazia a mesma prática com os outros filhos adolescentes.

Segundo a delegada Juliana Ribeiro, que conduz a investigação, o depoimento da vítima é a prova mais contundente do crime, mas a polícia ouvirá testemunhas ao longo desta sexta-feira para apurar mais detalhes.

A mulher foi presa preventivamente e deslocada para o Presídio Estadual do Rio Grande (PERG). Os filhos com menos de 18 anos foram conduzidos ao Lar de Passagem de Jaguarão.

Notícias Relacionadas

Massa de ar polar chega ao país com possibilidade de neve no RS.

redefan

HOJE NA HISTÓRIA / Nasce Slash, guitarrista da banda Guns N’ Roses

redefan

Morre mulher que ficou submersa no desabamento do deck em Porto Alegre.

redefan