Renato reconhece atuação ruim do Grêmio e avalia que equipe “precisa acordar” no Gauchão.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O técnico Renato Portaluppi reconheceu a atuação ruim do Grêmio na tarde deste domingo, que culminou com a derrota por 2 a 1 em São Leopoldo, no Estádio Cristo Rei. O resultado ruim retirou do Tricolor a possibilidade de decidir em casa a semifinal do turno e ainda colocou no caminho um Gre-Nal, agendado para ocorrer no próximo final de semana.  

Em entrevista coletiva após a partida, o treinador evitou colocar a culpa no gramado ruim do estádio Cristo Rei ou no forte calor que assolava o Vale do Sinos no domingo. “Hoje estivemos muito abaixo. Não adianta dar desculpas”, reconheceu.

Na próxima fase, o duelo será contra o Inter de Eduardo Coudet, sobre o qual Renato pouco falou. No entanto, minimizou o clássico já na semifinal, e disse que o time está preparado para enfrental qualquer adversário. “Já tivemos milhões de Gre-Nais. Meu time está pronto. Vamos trabalhar, levantar e cabeça e jogar o clássico”, projetou.

Ao avaliar o desempenho ao longo de todo o primeiro turno do Estadual, que resultou em duas derrotas em cinco jogos, e uma classificação em segundo lugar na chave B, com apenas nove pontos somados, Renato reconheceu os problemas. “Óbvio que não fizemos um bom primeiro turno, mas estamos na semifinal. Minha equipe é inteligente, mas precisa acordar”, admitiu.

O Grêmio volta a campo para a semifinal do turno, em jogo único, no próximo fim de semana. O adversário é o Inter que, por conta da classificação em primeiro lugar no grupo A, decide no Beira-Rio.

Notícias Relacionadas

O reencontro de Coudet e Renato no primeiro Gre-Nal de 2020

Rafael Bordignon

Brasil goleia Argentina e garante vaga nos Jogos de Tóquio.

Rafael Bordignon

Inter empata com o Universidad do Chile, mesmo com um jogador a mais no 2º tempo

Rafael Bordignon