Clientes de tarifa social ficarão 3 meses sem pagar água.

Em reunião com o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior, por videoconferência, na tarde deste domingo (22/3), o governador Eduardo Leite definiu algumas medidas envolvendo os clientes da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) por conta das dificuldades ocasionadas pela pandemia do coronavírus.

De acordo com o governador, os clientes de tarifa social ficarão isentos da cobrança pelos próximos 90 dias. Além disso, ficam suspensos os cortes por não pagamento nos próximos 60 dias.

“Precisamos manter a empresa em funcionamento e, para tanto, mesmo que sem cortes, continuam valendo multas e juros em atrasos. Os cidadãos que dispõem de condições para pagamento de suas faturas devem seguir adimplentes para mantermos os serviços essenciais à população”, disse Leite.

Texto: Renan Arais– Palácio Piratini
Edição: Marcelo Flach/Secom

Notícias Relacionadas

Direção aguarda definição de calendário para renovar com D’Alessandro

FAN FM

Auxílio de R$ 600 já pode ser sacado por quem faz aniversário em março

FAN FM

Leite reúne base aliada para discutir propostas de reformas para o Rio Grande do Sul.

FAN FM