Buscas a menino morto pela mãe seguem no rio Tramandaí, no Litoral Norte

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul prossegue nesta sexta-feira as buscas para localizar e resgatar o corpo do menino jogado no rio Tramandaí, em Imbé. A criança foi sedada pela mãe e colocada dentro de uma mala, sendo jogada depois nas águas, com ajuda da companheira

O efetivo do 9º Batalhão de Bombeiros Militar atuou ainda na noite de quinta-feira. Na manhã desta sexta-feira, os bombeiros militares do 9º BBM recomeçaram o trabalho com uma lancha e com mergulhadores diretamente nas águas turvas e geladas. Até redes de pescas são empregadas. O Comando Ambiental da Brigada Militar auxilia também na varredura das águas. Um barco da Patrulha Ambiental do 1º Batalhão Ambiental da Brigada Militar foi trazido até o rio. 

Não é descartado que o corpo tenha sido levado para o mar e talvez apareça somente nos próximos dias na orla. Neste sentido, a beira-mar está sendo também monitorada. A Polícia Civil enviou um helicóptero e a Brigada Militar disponibilizou um drone para ter uma visão mais abrangente do alto.

A mãe acabou confessando o crime e foi presa em flagrante na Polícia Civil. Responsável pelo caso, o delegado Antônio Carlos Ractz Júnior, solicitou ao Poder Judiciário a conversão em prisão preventiva. A mulher deve ser indiciada por homicídio qualificado (meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima) com majorante (praticado contra pessoa menor de 14 anos) e agravante (cometido contra descendente), ocultação de cadáver e resistência. A participação da companheira da mulher no crime ainda está sendo apurada.

FOTO: Foto: Renato Dias / Correio do Imbé

Notícias Relacionadas

Horta comunitária beneficia famílias cachoeirenses.

redefan

CONVITE AUDIÊNCIA PÚBLICA!

redefan

VOCÊ SABE O QUE É BLEFAROPLASTIA?

redefan